Lilypie Kids Birthday tickers Lilypie Fifth Birthday tickers

outubro 09, 2007

Ranhosos que fazem barulho de madrugada deviam padecer de uma doença grave que os fizesse ouvir buzinas dentro das suas próprias cabeças

Ajudando à festa no tema “Um vizinho parvalhão por dia nem sabe o bem que lhe fazia” iniciado pela amiga Maria do Consultório. Venho aqui relatar a cretinice do fim de semana. Já passava da meia noite e meia, a D.Rn estava na nossa cama porque acordou a chorar e não havia quem a calasse (só adormeceu quase às duas da manhã – mas isso agora não vem ao caso).
De repente:
- Piiiiii! Piiiii!
uma buzina
- Piiiii! Piiii!
uma vozinha de pirralha que irrompe na escuridão do quarto. Quase me desmancho a rir (para dentro que era para a coisa ficar por ali) e soltamos os dois um:
- Chiu! Faz óó!
A coisa repete-se mas três ou quatro vezes e deixa de ter piada. Era claramente um tonhó (veio a revelar-se uma tonhó) que estava com o carro bloqueado por outro tonhó anormal que tinha deixado a carripana assim a modos que no meio da estrada com os piscas ligados. Continua o piiiii e eu digo:
-Foge este grande otário em vez de chamar a polícia está pr’aqui a fezer este basqueiro às tantas da matina!
Oiço estas mesmas palavras sairem da boca de um qualquer vizinho que entretanto foi à janela. Levanta-se o Sr. Marido e vai ver o que se passa, levanto-me eu também e vou espreitar mas esqueço-me dos óculos (e como não durmo com as lentes – devia dormir para evitar estes constrangimento mas já tentei e não deu resultado, depois conto) e não vejo ponta de corno. Como moro no 5º andar e tenho miopia peço ao Sr. Marido que me relate o que se passa. Então parece que uma grandessíssima tonhó (não sei se loira ou não – devia ser) tinha o carro completamente mal estacionado, ainda por cima penso que em cima da passadeira e estava a ser bloqueada pelo outro tonhó mas como estava mal estacionada não podia chamar a polícia e por isso estava naquela da buzinadela. Como tive que ir para a cama fazer companhia à D.Rn sob pena de esta começar a gritar e acordar a irmã para além de abafar as buzinadelas que se ouviam na rua, não vi o que se passou a seguir. Ao que parece, o tonhó que estava a bloquear a tonhó estava mesmo ali no prédio em frente no patamar da escada na conversa com alguém mas não se apercebeu que as buzinadelas eram para ele (ela, apesar de tudo, estava a tentar ser discreta) e saíu de lá com um:
- As buzinadelas eram para mim???

9 comentários:

Sónia disse...

É caso para:
DA-SE!!!!

Aragana disse...

Ha gente realmente parva...

Afgane disse...

Ela há noites que são para esquecer querida amiga, essa pelos vistos foi uma delas.
Beijos

azul disse...

Ele há tonhós muito tonhós.
Então esse tonhó, para além de ser mouco, não se podia ter lembrado, já que viu que ia empacar outra tonhó, de ter deixado um simples papelinho na tablier do carro a dizer:
" Caros amigos tonhós: se quiser que eu vos desampare a choça,este vosso tonhó encontra-se no nr. tal, andar Y".
Raisparta este mundo de tonhós.

Para sempre, Maria disse...

Na casa anterior a esta tinha um vizinho que estacionava SEMPRE mal e no mesmo sítio. Vai daí, um dia que chegámos a casa às 11 da noite, escrevi no pó do capot uns miminhos que foram tiro e queda...eles precisam do nosso carinho!

Rita disse...

Pulga,
Nem mais, foi o que me apeteceu gritar a plenos pulmões da janela mas...
Jokas

Aragana,
Parva? Estás a ser muito gentil...
Jokas

Afgane,
Pois é há noites para esquecer mas prefiro mil vezes estas àquelas que passamos em claro quando alguma R está doente...
Jokas

Azul,
Os tonhós, como são tonhós não são capazes de fazer esse tipo de raciocínio lógico, é muito à frente...
Jokas Vera (agora apanhei-te)

Mariazinha,
Só mesmo tu com a tua compreensão e paciência fora de série para te lembrares de escrever uns miminhos aos ranhosos dos teus vizinhos...
Jokas

Thunderlady disse...

Deve haver uma escola onde eles andam todos juntos.

Ontem um estúpido qualquer estava a fumar a mandar a cinza para cima da minha roupa. O Rui viu, chamou a atenção e ainda gozaram. Sim, são os mesmo do xixi do cão.

Arre, gente parva!

Eskisito disse...

Grande frase de engate. Ele conseguiu alguma coisa com a tonhó?
Eu morava ao lado de um parque de Shopping em Santarém. Imagina a confusão que não era à noite. Mas apetece mesmo mandar essa gente toda para um sítio...isso apetece.
Beijos

Rita disse...

Thunderlady,
Tens que experimentar uma vingançazinha, quando os inergúmenos tiverem a roupa deles estendida (tipo lençois ou assim, que são mais compridos), borrifa-os com lixívia, a ver se eles gostam. Eu nunca experimentei, agora até nem tenho muita razão de queixa dos vizinhos de cima mas estavam lá uns antes que valha-me Deus...
Jokas

Eskisito,
Se teve sorte com a Tonhó ou não não sei mas sei que ela ía mandando um grande tralho quando estava a voltar para o carro...
Jokas