Lilypie Kids Birthday tickers Lilypie Fifth Birthday tickers

novembro 13, 2007

Receio, Tenho Tanto Receio!!

Isto chegou-me há pouco por e-mail e acho puro Serviço Público divulgá-lo aqui

"Na Quarta-feira dia 31 de Outubro, véspera de feriado, vim deixar os meus dois filhos do meio (tenho 4 filhos), de 5 e 4 anos, a casa por volta das 18.30 com a minha empregada que estava em casa com a mais pequena e voltei a sair para ir tratar de uns assuntos pessoais. Eram mais ou menos umas 19.00, quando recebo uma chamada de casa no meu telemóvel; era a minha empregada a perguntar-me se eu tinha pedido a alguém para vir buscar os meus filhos de 4 e 5anos, eu fiquei um bocado confusa na altura, e disse-lhe que não mas porquê, ela respondeu-me que estava um homem no intercomunicador do prédio a dizer que vinha buscar os meus filhos e que tinha mesmo dito o nome deles, comecei a ficar cada vez mais assustada e disse-lhe para lhe perguntar quem era ele e quem o tinha mandado ao que ele respondeu dizendo que era o João Pereira e que tinha sido a D.Marta (eu) que lhe tinha dito para vir buscar os meninos; ela ia-me contando tudo mas com o intercomunicador desligado, para ele não perceber e eu pedi-lhe para ela lhe perguntar para onde ele queria ir, porque estava na esperança que ele se tivesse enganado no andar e que por muita coincidência houvesse alguém com o mesmo nome que eu e com duas crianças com os mesmos nomes que os meus filhos, mas a minha empregada percebeu que era para lhe perguntar para onde ele ia com as crianças e quando ela fez essa pergunta, quem estava lá em baixo, não respondeu mais e ela ouviu um barulho que possivelmente era a porta da entrada a bater (talvez de alguém que tinha saído).
Claro que fui directa à esquadra mais próxima de casa, onde me disseram que não podiam fazer nada, nem tirar impressões digitais, nem sequer apresentar queixa porque, uma tentativa de rapto, não é considerado um crime e que a responsabilidade é toda dos pais, etc etc etc….basicamente além de me ter assustado ainda mais dizendo que estes casos são mais comuns do que se pensa, perguntaram-me a que Jardins públicos eu ia, ao que respondi ao Jardim da estrela e ao jardim da parada em campo de Ourique, e o Polícia disse-me que tem pedófilos referenciados nestes Jardins e que ele próprio já tinha visto um homem a tirar fotografias a crianças que não lhe eram nada……………Enfim isto para dizer que o perigo é bem mais real do que aquilo que eu pelo menos imaginava!

E é por isto que mando este mail com esta história inacreditável que se passou comigo e que como é obvio me deixou bastante assustada e muito preocupada.
Fomos aconselhados a ir directamente à polícia Judiciária e é o que vamos fazer amanhã, fora isto não há muito mais a fazer a não ser espalhar esta história pelo máximo numero de pessoas possível, 1º para estarmos todos com muita atenção porque pelos vistos isto não se passa só nos filmes e depois porque tenho esperança que alguém já tenha ouvido um caso parecido e me possa dizer alguma coisa ou ajudar de alguma maneira!

Peço por isso que espalhem este mail por todos os vossos conhecidos e amigos."


Tenho mesmo medo destas merdas...

13 comentários:

pensamentosametro disse...

Rita,

A caminho, lista de contactos de "e-mail" profissional e pessoal, mas o que eu gostava mesmo era de apanhar um "passaroco" destes, digamos que à mão!

Beijos

Tita

Diabba disse...

Tb recebi esse, não sei se acredite, se não, mas que tenho 1000 cuidado, tenho!

beijos d'enxofre

Gonçalves disse...

Olha, eu sinceramente tenho muito receio dos mails que recebo todos os dias, como este. Ora são correntes de amizade ou maus olhados que nos fazem perder tudo e mais alguma coisa. De certa forma ficamos apreensivos, muito mais quem tem filhos. Sempre alerta, mesmo sem este tipo de avisos;-)

Aragana disse...

Eu tb já recebi... mas não sei se acredite.
Está mal contado.

Rafeiro Perfumado disse...

E eu tenho medo que seja mais uma daquelas tangas que passam na net. Acho que o melhor é continuar a ter cuidado, como sempre, mas evitar as histerias colectivas...

mjf disse...

Olá!
Li com atenção o texto e não me custa a acreditar na sua veracidade...Temos de estar atentos,e falando de casos como este, é bom, pois é mais um abanão que levamos.
Boa semana

o_cao_que_morde disse...

Também vou por isto no meu Blog o Cão que Morde H
Isto tem que ser divulgado para as pessoas terem cuidados

Pandora disse...

Seja treta ou não, a verdade é que devemos sempre ter mil cuidados com os nossos pequenotes.
Beijos.

o_cao_que_morde disse...

Tenho um desafio no Blog o Cão que Morde H para a Rita

Para sempre, Maria disse...

Temos de estar precavidos, mesmo que isto tresande a treta.
beijo

Azul disse...

Que horror...

estou arrepiada , juro-te...

e na escola, pela santa, como é na escola, se eles já s edirigem á casa particular das crianças....

medo, Rita, medo.
Muito.

Rita disse...

Tita,
Era bom não era, poder dar-lhe assim digamos que um... tratamento?
Jokas

Diabba,
Hoje em dia 1000 já não chega, temos que subir a parada para 100000.
Jokas

Gonçalves,
Essas tretas das correntes eu nem sequer me dou ao trabalho de abrir quanto mais ler... Mas este independentemente de ser real ou não desperta-nos para um perigo que pode surgir.
Jokas

Aragana,
Eu também duvidei quando li, de qualquer forma verdadeiro ou não é uma coisa que é possível acontecer daí estarmos atentos...
Jokas

Rafeiro,
Não era minha intenção entrar em qualquer tipo de histeria, apenas alertar para o facto de esta ser uma situação passível de acontecer...
Jokas

MJF,
Também acho, daí tê-lo posto aqui...
Jokas

Cão Que Morde,
Obrigada. Sendo verdadeiro ou não acho que vale a pena ser divulgado...
Festas

Pandora,
É verdade, todo o cuidado é pouco.
Obrigada pela visita...
Jokas

Mariazinha,
O objectivo era mesmo esse e não averiguar o fundo de verdade da história ou estória...
Jokas

Azulinha,
É mesmo de tremer, cada vez que penso nisso acho que elas só estão seguras quando estão comigo ou com o Sr. Marido...
Jokas

Teresa disse...

Ritinha (há quanto tempo não comento... aqui e noutros lados!, ando aos poucos a pôr a leitura em dia)

Esta história é absolutamente verdadeira. Quando comecei a ler dei um salto "Não é possível! Isto é a história da F.!" É, sim. E é mesmo tudo verdade. Os nomes das crianças não são referidos (eu sei-os), o da mãe é esse mesmo. Por uma incrível coincidência, trabalho com uma menina que é amiga dela, também mãe de duas crianças (da mesma idade de duas das quatro desta Marta), e que me contou a história há umas três semanas, parece-me. Fiquei siderada.

E é isso o pior de tudo: ser mesmo verdade! Abençoada empregada que teve o bom senso de fazer aquele telefonema! Nem quero imaginar o que poderia ter acontecido. Ninguém quer.

Um grande beijo para ti, amanhã volto. Achei só que era importante deixar aqui um testemunho.