Lilypie Kids Birthday tickers Lilypie Fifth Birthday tickers

março 20, 2009

Freddy


Hoje vou abrir uma excepção e vou ecrever um post que não começa por R. Porque o nome dele não começava por R, porque ele apareceu nas nossas vidas ainda antes das R's e porque era muito importante na vida dos 4R's.
O Freddy, o nosso Sr. Freddy ou Freddy Manuel, quando ralhava com ele por qualquer disparate, morreu. Na 4ª feira, assim sem mais nem menos, sem que ninguém o esperasse ou para tal estivesse preparado (se é que alguma vez alguém está preparado para tal) morreu, deixou-nos. Ficámos tristes, inconsoláveis e com muitas saudades. Gostava de ter o dom da palavra, de saber escrever coisas bonitas e profundas que conseguissem descrever o que significava a presença dele nas nossas vidas e quanto nos vai custar a sua ausência mas não tenho esse dom.
O Freddy era o gato mais cão que eu alguma vez conheci, era amável e meigo. Nunca estranhou pessoas "estranhas" lá em casa e dava-se bem com toda a gente. Nunca arranhou ninguém por mal nem mostrou o dentes. Era um mártir nas mão das R's mas acho que lá no fundo até gostava que elas andassem atrás dele e o massacrassem. Não era muito de lambidelas mas era o Rei da turrinha, dava turras e ronronava por tudo e por nada.
Tenho pena que a Táta provavelmente nunca se venha a lembrar das brincadeiras que faziam juntos porque é ainda muito pequena e felizmente por isso, foi a que sofreu menos.
Freddy espero que estejas, como diz a D.Rf, no céu dos gatinhos e que estejas feliz, nós vamos ficar para sempre contigo nos nosso corações...

23 comentários:

Teresa disse...

Não há nada que eu possa dizer, a não ser que tenho muita, muita pena.
Tão parecido com a Minha adorada Messy, que partiu há menos de dois meses...
Um beijo.

Ana disse...

Ai amiga... fiquei tão triste com este post.
Imagino a vossa tristeza... nunca estamos preparados para perder alguém que gostamos muito e estes fiéis companheiros não são excepção.

Beijinhos muito, muito grandes para vocês

Gi disse...

Está sim senhora no céu dos gatinhos:

A minha Pompom mandou-me umamesagem a dizer que ele chegou bem e que já brincam juntos.

Beijinhos.

Graça disse...

Ele está de cereza no Céu dos gatinhos!!!

Um grande beijinho nesta tua dor!

*********

P.S. Também já passei por isto!!!

sonia disse...

Para uns é "apenas" um animal,para nos foi um elemento importante da familia!!Oh como fiquei triste agora :(( ainda me lembro de contares como as R's o vestiam com a roupa das bonecas.

Mas sim ele agora està no céu dos gatinhos a brincar com outros kiduxos.

um grande grande beijinho linda a vocês todos!!

Patti disse...

Sei perfeitamente desse sentimento e o que custa a passar.
Um beijinho.

Sónia disse...

Rita, pensa que ele foi muito feliz na Vossa familia! E quem dera a muitos ter essa sorte!! Está de certeza no céu dos bichanos!

Uma grande beijoca!

Fiquei mesmo triste! Não posso sequer pensar no dia em que um dos meus partir!

Luazinha disse...

Mais uma estrelinha linda...
Guarda contigo as boas recordações como ele irá guardar com certeza o carinho que os donos sempre tiveram para com ele...
Beijo grande

Rafeiro Perfumado disse...

Nem tenho coragem de comentar o texto anterior. Um beijo.

Van Dog disse...

Oh.
O único consolo é que teve uma vida bem feliz. E que fica para sempre nos corações dos que cá ficam, não é?

(e, só entre nós, cheira-me que se tornarão a encontrar!)

Van Dog disse...

Só mais uma palavra, Rita: obrigado pelo teu comentário. Serei muito cuidadoso.

mjf disse...

Olá!
Amiga sabes como se torna menos doloroso essa sensção de perda????
Adoptando outro...acredita , que eu sei do que falo ;=(

Beijocas
Bom fim de semana

nocas verde disse...

Lamento que o Sr. Freddy tenha partido.
Sei bem o que é e sei bem que não há palavra chavão que console.
No entanto, aqui os repito (até porque acredito nestes)
É verdade que o Sr. Freddy está no céu (não só dos gatinhos mas de todos os Nossos animais - que lá em cima dão-se Todos bem) juntamente com a minha Lady M. e o meu Petit. A Lady M., maternal como sempre foi, ensiná-lo-á todos as brincadeiras e o Petit brincará com ele.
Sei também por experiência que o conselho de mjf é verdadeiro. Adopte um já... faz um menino (ou menina) muito feliz e desanuvia o ar.
Desculpe ser longo o comentário...
solidariedade felina do Lord f. lá de casa e minha também...

João disse...

Não consigo imaginar o que estejas a passar. Apenas sei como me sentiría sem o Jota.
Força e olha...arranja outro Fred. Existem muitos por aí a precisarem que tratem bem deles. Bjs.

Diabba disse...

Ai como eu te entendo.

Não há carta de amor que traduza o quanto lhes queremos bem. Mas ele sabia, ele sabe, lá no lugar florido, para onde vão todos os gatos e cães, onde esperam por nós.

Beijo grande d'enxofre

miguelpontocom disse...

O melhor é mesmo arranjares outro o mais depressa possível.

À cerca de 15 dias esteve cá um gato Persa que acasalou com a nossa.

Entretanto, se a nossa ficou grávida, damos-te um filhote.

Shakti disse...

Eu acho que quando for cá em casa não me vou conter...é terrível a ideia de pensar que um dia ficamos sem o Júnior ou a Sofia ...mesmo impensável...

bj

Blue Angel disse...

Nós afeiçoamo-nos aos animais e depois custa tanto perde-los. Pena o tempo de vida deles ser tão inferior ao nosso.
Eu já tive tantos cães na minha vida e houve um deles que foi atropelado á minha frente que eu nunca vou esquecer. Era o Bolinas e era ainda bebé. Ele fazia-me companhia até á escola primária e depois voltava com o meu avô para casa....
Eu chorei tanto, tanto, tanto que nem fui á escola nesse dia. A minha mãe não teve coragem de e mandar para a rua pois eu soluçava de tanto chorar.

Mas o teu Freddy vai ter sempre um luar nos vossos corações e se ele ai estiver, nunca terá partido por inteiro!!!

Um beijo

Nivea

xavinhas disse...

para quem tem a ama os animais são pessoas familia.... ele recebeu muito carinho e vai lembrar-se disso no céu dos gatinhos....

sentimentos

Carracinha Linda! disse...

Vim até aqui através do Van Dog...

Deixo um beijinho grande...

Thunderlady disse...

Só hoje vi, lamento muito pela família toda, é desolador perder um amigo tão grande.

O Pootchie faz 10 anos este ano, já começa a dar uns sinais de velhice e eu que não estou nada preparada para "o que vier". Nunca estamos.

Apesar de a Táta ser pequenita vai lembrar-se de algumas coisas, de certeza :)

Beijinhos

Miguel Ferreira disse...

Perder o nosso fiel companheiro de anos e anos e 1001 confissões é devastador...

Fica a alegria dos momentos e das travessuras...

Um beijo

Hydrargirum disse...

Sei bem o que e perder um afecto assim...uma companhia, e um mimo que temos sempre ao lado...tocou me e compreendo a vossa tristeza...

Caiu me uma lagrima pelo que escreveste e pela lembranca do meu Nikki Joao...que era uma besta de cao e que me mordia, mas que eu adorava e que valia mais que mta gente que ja conheci....

Jinho mto grande