Lilypie Kids Birthday tickers Lilypie Fifth Birthday tickers

agosto 19, 2008

Report - As promised

Sexta Feira - 1 de Agosto

Levantar cedo, tomar banhos e pequenos almoços.

Arrumar o que faltava nas malas (três). Três malas cheias de roupa (também tinha outras coisas mas roupa era o que predominava) para 4 pessoas (duas crianças que apesar de não se sujarem muito não deixam de ser crianças) e dois adultos para 15 dias não me parece muito...

Rumar a casa dos sogros, deixar o carro e seguir no carro do sogro para o aeroporto.

Fazer check-up (in "prontos") e dar uma voltinha, seguir para porta de embarque, mais um tempinho e embarcar. Procurar lugares, sentar e apertar o cinto (R pequena age como se tivesse feito aquilo durante toda a sua vida e R grande está na boa a olhar pela janela). Levantar voo e ninguém acha nada de mais, tudo normal como se estivessem a andar de carro. Não há chuva de perguntas não há medo, nada...
Chagados a Barcelona e já com check-up feito de Lisboa seguir directo para porta de embarque. Embarcar de novo, procurar lugar, blá blá blá...

Chegamos a Palma de Maiorca e seguimos para o tapete das malas, esperamos, esperamos, esperamos começam as ditas a girar e a girar e a girar mas as nossas nem por isso, nada de girar nem rebolar nem deslizar, não davam à costa. Entretanto, outros como nós vão perguntar e o anormal diz para termos calma e continuarmos à espera e nós eperamos e esperamos e eesperamos e nada. Entretanto alguém decide ir procurar nos outros tapetes e lá estão as malas dos passageiros que seguiam connosco mas das nossas nem sinal...

Vamos ao balcão da Spanair, fazemos a nossa queixa, damos a discrição das malas (alta, magra, cabelo loiro, bigode e óculos) o contacto do hotel onde vamos ficar e o periódo da estadia e lá seguimos nós para o hotel, de mãos a abanar...

No hotel fazemos mais um check-up (mal será que tenhamos alguma doença e que não descubramos a tempo) e quando a Sra. da recepção me dá a factura para pagar (tinha ficado acordado que não dávamos nenhum sinal mas que faziamos o pagamento do alojamento no check-in) só estava facturada uma noite, acho estranho e digo no meu espanhiol:
- Que bamos a pagar?
- Una noche
diz a Petra (moça espanhola de nome, não se vê? mas que falava muito bem em Alemão)
- Mas ficamos de pagar la totalidad e no solo una noche!
continuo eu no meu espanhiol magnificamente fluente
- Mas so se quedan por una noche!
- No. Nos quedamos 14 noches.
Digo eu já a ficar em estado de choque (tu queres ver que amanhã temos que ir para debaixo da ponte?). Também, que anormal é que vai de Lisboa a Palma de Maiorca dormir uma noite???
Entretanto a Petra telefona para o Sr. que manda nas reservas e fica a saber que houve um engano na emissão da factura mas que a reserva estava bem feita. Subimos ao quarto a deixar as malas. Malas? Quais malas? Subimos ao quarto para inspeccionar e fazer um xixi enqaunto ela faz uma factura nova e voltamos para baixo "a pagar". Saímos para uma vuelta de reconhecimento local e voltamos para jantar. Saímos de novo para o belo do Expresso e voltamos para dormir.

Desfazer as malas para tirar os pijamas e os materiais de limpeza. Ah! É verdade! Não havia malas e por isso não havia pijamas nem materiais de limpeza (entretanto já tinhamos ido ao supermercado da zona para comprar os bens de primeira necessidade - escova de dentes, desodorizante e tal).

Não consigo dormir nada porque só penso nas putas das malas que com certeza resolveram passar a noite em Barcelona nas Ramblas e eu tão precisada delas.



Sábado - 2 de Agosto

Levantar cedo (7.30h da manhã porque lá já são 8.30h e o pequeno almoço é servido das 8 às 10) lavar e vestir a porcaria da mesma roupa (ca nojo, não há nada pior que tomar banho e vestir a mesma roupa) descer para o pequeno almoço, sair para a rua e ir comprar biquinis para 3 R's, calções de banho para o outro R, toalhas de praia e protector solar. Ir ao hotel mudar de roupa e seguir para a praia. Não íamos desperdiçar o primeiro dia de férias até porque não valia a pena ficar ali a chorar sobre as malas derramadas.

Praia óptima, água morna, R's a curtirem à brava, passam horas dentro dela (da água claro). Chega a hora do almoço e voltamos para o hotel, que fica ali ao virar da esquina. Chegamos ao quarto e o cartão não abre a porta. Tentamos 2 e 3 vezes e nada, não abre. Confirmamos que é mesmo aquela porta e nada. Sr. Marido desce à recepção e nós ficamos ali abandonadas à nossa sorte esperando que a dita porta se abra como que por magia.

Estou distraída a pensar na vida quando vejo sair do elevador o homem dos meus sonhos (o Sr. Marido claro) e 2 das nossas 3 malas. Foi uma alegria sem fim, corri para ele em camara lenta como se de um filme se tratasse e beijei-o enternecidamente (claro que não, esta parte era só para dar algum romantismo aqui à coisa).
Ao que parece tinham encontrado 3 malas que enviaram para o hotel mas só 2 eram nossas a outra era de um qualquer desgraçado que choramingava no seu querto de hotel desesperado porque tinha ficado sem a boneca insuflável. Ainda considerámos a hipótese de verificar se aquela mala tinha alguma coisa de jeito e ficar com ela em substituição da nossa mas depois com receio de que estivesse armadilhada nem lhe tocámos...

to be continued

16 comentários:

Mo disse...

LOLOLOL

Estou a ver que a coisa promete, se o primeiro dia já foi assim :D

Patti disse...

Estoy encantada con tus vacaciones.

Entonces, donde estava la tercera maleta?

Realmente, não vale a pena chorar sobre o leite derramado e estragar as férias, mas que dá uma agonia e raiva, ai isso dá!
Sabes que as despesas que tiveste no tal do supermercado são da responsabildiade da companhia aérea?
Quando apresentares a queixa do extravio das malas, apresentas as facturas do que tiveste que comprar por culpap deles.

Fico à espera desse to be continued.

Rui disse...

Bolas! No terceiro dia acontece o quê? Alugam um carro e roubam-no durante a noite? :P

Bem-vinda!

Luazinha disse...

Xiiiii isto promete!!
Aguardo ansiosamente as cenas dos proximos capitulos!!
Kiss

Atever disse...

Ah carago! e ainda há quem me chame aventureiro por partir à descoberta do mundo com um mapa na bagagem, montado num carro velho (em meio uso, vá...), com malas de roupa barata, adequada ao campismo, que é como quem diz, umas T-Shirts, uns calções e uns jeans que se lavam e vestem sem ser engomadas, uma cadela rafeira a tenda uma mesa e três cadeiras articuladas e mais umas caixas de panelas pratos e copos... tudo o couber na mala e nem mais um fósforo eheheh.
Isto sim! isto é que é aventura vertiginosa. Pagar uma viagem de avião, ter de estar no aeroporto tanto tempo quanto eu levo para chegar de carro a Badajoz e no fim passar parte das férias à procura da bagagem. Isto se o calendário político não determinar uma qualquer greve do pessoal de bordo ou de terra que deixa centenas de "peregrinos" com as mãos erguidas aos céus na esperança que algum santo lhe dê boleia pra casa eheheh.
Por isso é que ainda não me decidi por férias programadas por terceiros, embora cada vez me custe mais percorrer longas distâncias de carro.
Aguardo ansioso o fim da história que espero tenha tido um final feliz, como nos filmes eheheh.

Beijinho.

Blue Angel disse...

Bem, o que eu já me ri com este teu primeiro dia!!! Perderes as malas, imaginares ires para baixo da ponte, a parte de correres para o teu marido em câmara lenta para dar romantismo ao momento da chegada das tuas malas….. está muito fixe!!!

Estou curiosa para saber o resto!!!

Nivea

Sónia disse...

Essa das malas.....grande azar!!

Tenho pânico que isso me aconteça!!

Para 1ºs dias grande aventura, hã!??!

Conta lá o resto!

Shakti disse...

Por este andar , estou ansiosa por ver como foi o terceiro dia !!

O que me fartei de rir , imaginando !!!

LOL

bjs

Dualidades disse...

Sei que agora já é tarde para dizer isto, mas "Vá para fora cá dentro". :D

Dualidades JP

Cady disse...

Vim dar um espreitadela na blogoesfera, entre uma banhoca e outra, e já me ri um pouco...

Bem, isso é que foram férias????? Se foram assim os primeiros dias, como terão sido os seguintes, hein?! Emoção a rubro!!! Fico à espera do resto... lol, lol, lol

O que interessa é que se tenham divertido e que tenha acabo tudo por correr pelo melhor, apesar dos imprevistos!!!

Sabes que uma vez, aconteceu com um amigo meu, numa viagem que eu também fui, a mala dele aparecer no tapete, após bastante tempo à espera, completamente rota, com quase tudo o que a mesma continha, rasgado!!! Resumido e concluíndo, a TAP pediu-lhe que ele avaliasse por alto o que lá tinha, incluindo a própria mala que até era de uma marca toda xpto, tendo acabado por lhe dar até um valor superior... Claro, que há coisas, que o $ não paga, não é?!! :))

Beijocas

Rafeiro Perfumado disse...

No primeiro dia tomei nota que referiste o facto das R's não se sujarem muito mas não tiveste o mesmo cuidado em relação aos dois adultos...

Quanto ao segundo dia, lindo lindo era tu correres em câmara lenta e beijares as malas!

Beijocas!

Tulaunia disse...

Uiiii, isso é que foram peripécias e só nos dois primeiros dias. Ficamos a aguardar mais aventuras.

***

pensamentosametro disse...

Rita, juro que só vos desejei omelhor nas vossas férias. Mas que tinha saudades das vossas aventuras, tinha. alegras sempre o meu dia.


Bjos


Tita

Rita disse...

Mo,
Nem por isso. Os dias seguintes foram mais calminhos mas sempre com algum salero...
Jokas

Patti,
O Sr.Marido como é advogado tem a coisa sobre control. Vamos ver no que é que dá. Mas obrigada pela dica.
Jokas,

Rui,
Nem queiras saber, ainda não cheguei à parte dos ovnis...
Jokas

Luazinha,
Estão a ser gravados...
Jokas

Atever,
Mesmo sem mala mas só por estar 15 dias longe de uma cozinha de tachos e panelas eu estou por tudo. Já para não falar em água do mar quentinha...
Jokas

Nivea,
Esse início foi mesmo uma aventura, o resto nem tanto mas fixe na mesma...
Jokas

Pulga,
Esse também sempre foi o meu maior medo até que finalmente aconteceu mesmo...
Jokas

Shakti,
É só aventura, e da boa...
Jokas

JP,
Lamento mas o nosso atlântico não tem a temperatura do mediterrâneo. É só por isso e também porque gosto de gozar com os espanhois...
Jokas

Cady,
Se nós soubessemos o que as malas sofrem. Acho que até devia haver uma associação de protecção à mala...
Jokas

Rafeiro,
Juro que era isso mesmo que me apetecia...
Festas

Tulaúnia,
Se calhar vais ficar desiludida porque esta foi sem dúvida a parte mais emocionante, tirando claro a parte da Mafia...
Jokas

Tita,
O nosso lema aqui no estaminé é "servir bem e bem servir dá saúde e faz sorrir"...
Jokas

dualidades np disse...

Lol! Isto hoje por aqui é só aventuras...
Mas faz parte. Sem estes episódios era uma monotonia. LOL!
Bejos

Gi disse...

Mas que grande caMALAcho!
Afinal em que parte do percurso é que as malas se perderam?
Na nossa família as malas que se têm perdido não têm sido culpa da TAP.