Lilypie Kids Birthday tickers Lilypie Fifth Birthday tickers

janeiro 29, 2008

Resident Upstairs (as in Evil)

Hoje, equanto lia um post do JP (do Dualidades) onde ele se queixava da vizinha de cima que ao que parece é uma aspiradoólica lembrei-me de algumas coisas que também poderia escrever sobre os meus “adorados” vizinhos...

Os cromos do andar de cima sejam 10 da manhã ou sejam 3 da madrugada é igual ao litro, andam de saltos altos, batem com as portas dos roupeiros, deixam cair tudo e mais alguma coisa é um autêntico farrobadó. O Sr. até tem um hábito irritante que é fazer um som estranho e ofegante quando, digamos quando está a fazer o Amor. É assim como se uivasse mas sendo um lobo rouco, uma coisa estranha. Este barulho eu até perdoo porque naquela hora ninguém se preocupa com o que os vizinhos vão pensar. A sua adorada e loira mulher tem o hábito irritante de estender a roupa molhada e a pingar para cima da minha quando esta já está enxuta, ora a mesma deixa rapidamente de estar enxuta para passar a estar...isso mesmo, molhada. A sorte dela é que eu nunca a apanhei a fazer isso mas quando apanhar juro que subo a escadinha. À noite, depois de deitar as R’s começa a rebaldaria na cozinha dela, é loiça a bater, são os bancos a arrastar, é uma alegria. Parece uma daquelas histórias infantis em que quando as crianças vão dormir os brinquedos começam a fazer uma wild party...

Mas tenho outros cromos. O de baixo que tem o hábito irritante de acender o cigarro da manhã ainda dentro do elevador o que o deixa empestado com cheiro a tabaco. Tosse que nem um tuberculoso e quando estou na minha casa de banho até parece que o gajo está ali ao lado mas coitado esta também tenho que desculpar porque apesar de ser culpa dele (deixe de fumar) eu também tenho andado com tosse e não o consigo evitar.

Este Sábado, eram 23.30h (já as R’s estavam a dormir) e havia uma party lá para cima era só kisomba a torto e a direito felizmente nenhuma das R’s acordou porque senão também me tinha chateado a sério.

Está bem que é Sábado e tal mas se não se pode fazer barulho a partir das 22.00h não interessa que dia da semana é. Eu neste caso detesto fazer barulho e a partir das 22.30h instala-se o silêncio lá em casa e até a TV fica no silêncio (normalmente estamos a ver filmes ou séries que são legendadas e por isso não precisamos de estar a ouvir). Quando chego a casa tarde, a primeira coisa que faço é descalçar-me. Não gosto de incomodar ninguém e não custa nada fazer estas coisas simples, se eu consigo porque é que os outros não conseguem?

Já estão a ver o porquê da insistência na casinha com um quadradinho de relvinha. A relvinha é para as minhas R’s a casinha é para não ter essa praga a que se chama vizinhos.

15 comentários:

O renascer da Fenix disse...

Pois... olha que não é a primeira vez que te chamo rainha, porque lá para o meu cantinho és conhecida como a Rainha dos R's... Depois isso dos vizinhos, olha é como tudo há os bons e há os maus... mas penso como tu bons ou maus o melhor é não ter...hehehehehe

Uma Grande Chama para ti...beijos

Kunta disse...

Olá Rita,

Eu porto-me melhor do que muitos dos meus vizinhos e como não tenho a mania de ladrar ninguém dá por mim. Também há uns cromos cá no prédio, como acontece, aliás, em todos os prédios, a quem apetecia dar um real dentada no traseiro. Eu acho que o problema não está em viver em prédio ou moradia. O problema está na falta de educação e bom senso das pessoas o que afecta obviamente a boa convivência social.

Mil lambidelas

pensamentosametro disse...

Graças a todos os Santos por viver aqui na minha "ruralice" a 30 minutinhos de Lisboa e não ter vizinhos nem de cima nem de baixo.

Bjos

Tita

Luazinha disse...

Oh minha amiga, os meus então são daqueles q passam por ti e nem te falam... Ficas com um bom dia sem resposta!!
Haja educação!!

migvic disse...

Por acaso, felizmente não tenho esse problema.

Esta casa, além do habitual tijolo tem como revestimento pladur, que faz uma espécie de caixa acústica.

Ou seja, em 3 anos que aqui vivo, nunca ouvi sequer um vizinho ou barulho.

Mas para pendurar, quadros ou coisas pesadas estilo um corrimão para cortinados ou um lcd é uma bosta.

Pandora disse...

Pois é, essa história fez-me lembrar um episódio que se passou comigo e as minhas fufas de baixo. À uns tempos atrás estava eu muito bem a dormir e acordo com altas gargalhadas e falatório às duas da manhã. Eram as fufas que estavam a dar uma jantarada mesmo por baixo da minha cama. Pois bem, levantei-me, fui à cozinha buscar o martelo de bater os bifes e dei umas marteladas no chão. O prédio até estremeçeu e lá em baixo assim que ouviram o barulho, foi como se tivesse havido um corte de energia, nem mais um piu! Passados alguns minutos oiço a porta delas a fechar e o elevador a funcionar, eram as visitas que se tinham ido embora. Acabei com a festa!!!

Bjs

Van Dog disse...

Sabes que às vezes o pessoal não tem consciência de que incomoda. Pode parecer absurdo, mas acontece... Embora também haja quem, se souber que incomoda, ainda faça pior...
Mas concordo contigo: um quadradinho com relva é o ideal!

Gonçalves disse...

Por acaso, quando morava em Tercena, tive um doce de vizinha (no andar de cima) que usava umas socas de madeira, a besta. Não comoo sossego de uma vivenda realmente. Aposta nisso. Foça córage, muita córage;-)

Bruno disse...

Alo...
Bem os vizinhos por vezes são do pior.
Eu até não tenho razão para me aborrecer com os de baixo, a casa está para venda. Os de cima mais parece uma casa de doidos, passam a vida de um lado para o outro e com uns sapatos que devem entoar em todo o prédio. Mas enfim o pior dos vizinhos é sempre nas reuniões de condominio. O melhor para resolver estes problemas é morar numa moradia.

Azul disse...

Eu, sou muito mais chique no que diz respeito aos vizinhos de cima, ah pois sou!
A loira do 4º, também anda com o seu saltito alto pela casa toda,a noite toda , estou mesmo desconfiada que dorme calçada...mas o melhor que ela tem, é mesmo o pôr-se a tocar piano, seja lá a que horas fôr...isto até podia ser muito bom, música para os nossos ouvidos e tal, não fosse ela tocar mal, mas tão mal que até dói!!!!
Um dia destes,lá pelas 23:30 e já depois dela ter adao a arrastar o piano durante umas boas 2 horas(!!) passámo-nos e toca de bater com a vassoura a torto e a direito no tecto, para ver se ela se mancava...resultado: ao estuque veio a baixo e ela não se mancou...

Dualidades disse...

Parece que afinal o mal e as reclamações são comuns!

Concluo que os vizinhos também devem dizer mal de nós! :o)

Dualidades JP

Dualidades disse...

P.S.: eu que já vivi assim... é muito bom ter um bocadinho de quintal ou jardim em volta e não ter ninguém por cima.

Dualidades JP

Belzebu disse...

Há vizinhos e vizinhos. Eu nem tenho razão de queixa dos meus, até porque pouco tempo passo em casa, mas há um anormal que faz questão de ligar a grafonola todos os dias de manhã, com a pior música do mercado! Se por um lado fico furibundo, por outro tenho que lhe agradecer, pois essa é a única forma de me levantar num instantinho!

eheh!! Aquele abraço infernal!

Rita disse...

Fenix,
Já tinha reparado, obrigada. Pois é mais vale não ter mas para isso é preciso o "Euromilhões"...
Jokas

Kunta,
Pois claro, até tu entendes isso. Há pessoas que nasceram para viver no meios da selva com os animais (sem ofensa)...
Festas

Tita,
Sortuda do catano!
Jokas

Luazinha,
Ao menos que não falem nem fora de casa nem dentro. Se mantivessem o silêncio eu até lhes perdoava a falta de educação...
Jokas

Mig,
Já pensaste que podes estar a viver sozinho sem saberes...
Jokas

Pandora,
Também já tive que utilizar a técnica de uns valentes murraços na parede...
Jokas

Van,
E tu que não gostasses de uma relvinha! E se tivesse uma árvorezinha plantada?
Festas

Gonçalves,
Nem é preciso força nem coragem, basta-me o euromilhões...
Jokas

Bruno,
Realmente deveriam lançar uma lei que te obrigasse a descalçar assim que entras em casa...
Jokas

Azul,
Loira, querias o quê? Que tocasse bem piano???
Jokas

JP,
Até podem dizer mal de mim disto ou daquilo, agora do barulho impossível até porque com as R's eu tenho que implementar o silêncio nocturno lá em casa. Não há volta a dar...
Jokas

Belzebu,
Até no Inferno???
Jokas

Hydrargirum disse...

:)

Não morasses tu, via IC19...que eu dizia-te que morávamos no mesmo prédio!!!!!

A de cima, toc toc toc, de saltos seja qual for a hora, e o debaixo, impesta o lift com fumo, mesmo sabendo que é proibido fumar lá dentro:/ Avante!!!!

Ahhh...outra coisa...qd eu tenho a roupa da cama e assim, a arejar na minha varanda, a de cima vem e sacode os tapetes dela....

Não é de ATUP ? (ler reverso!)

Jinhos:)